Divulgue os canais de comunicação do Sistema Abramge para seus beneficiários
30 de janeiro de 2020
Material de comunicação de apoio para sua operadora
30 de janeiro de 2020

Fique atento as regras de cobrança

O pagamento pelo atendimento de urgência e emergência do Sistema Abramge será cobrado da operadora de saúde contratante. A seguir, você poderá conferir como funcionará.

Quando realizado por serviço próprio da empresa prestadora de serviços, a base de cobrança será a de valor praticado pela referida operadora ou o contabilizado pelos seus custos, sem qualquer taxa administrativa ou tributária;

Já quando os serviços forem efetuados por fornecedores credenciados da empresa prestadora de serviços, a base de cobrança será a tabela negociada e praticada pelo prestador de serviços junto a empresa prestadora de serviços, responsável pela indicação dos referidos fornecedores, acrescidas de eventuais despesas tributárias, e, eventual taxa administrativa;

Todas as contas deverão ser encaminhas a empresa detentora do contrato, no prazo máximo de 60 (sessenta) dias da prestação do serviço, acompanhadas das respectivas descrições.

Documentos que devem ser encaminhados para cobrança

  • Boletim de atendimento assinado pelo paciente ou responsável, contendo todos os dados do paciente, acompanhado de cópia do documento de identificação do beneficiário;
  • Relatório descritivo do atendimento;
  • Guias de encaminhamento contendo a assinatura do beneficiário, assinatura e carimbo do profissional que prestou os serviços e data de atendimento;
  • Enviar uma fatura com a discriminação analítica dos serviços prestados;
  • Notas Fiscais e boletos bancários e/ou dados bancários para depósito.

Caso a auditoria da empresa detentora do contrato solicite, formalmente, cópia do prontuário e/ou prescrições realizadas durante o atendimento do usuário, o estabelecimento prestador do serviço deverá disponibilizar os dados em até 15 dias da data da requisição.

Tabela

As empresas responsáveis pelo atendimento deverão cobrar os valores efetivamente pagos aos seus credenciados ou utilizar os preços praticados pelos seus serviços próprios aos seus conveniados.

Impostos e contribuições previdenciárias

Quando o atendimento for prestado por serviços credenciados é permitida a aplicação sobre o valor cobrado pelo credenciado dos impostos incidentes naquela operação. Isso desde que, devidamente comprovados, tais como: ISS (até 5%) e INSS (no caso de credenciado ser pessoa física, autônomo ou cooperativado).

Taxa administrativa

Para prestadores próprios das operadoras não é permitida, em hipótese alguma, cobrança de qualquer taxa administrativa. Já para prestadores credenciados, os valores poderão ser acrescidos de eventual taxa admi-nistrativa, entretanto, limitada a 10%.

Prazo de pagamento de contas

As contas deverão ser pagas pela empresa detentora do contrato em até 15 dias após a entrega sua apresentação.


Fique atento

Lista completa das empresas participantes (contatos administrativo e comerciais) para fins de cobrança e contatos administrativos